Estudantes do Tocantins visitam Herbário do IMA/AL

O grupo conheceu um pouco mais sobre a flora dos principais biomas de Alagoas e a importância da preservação ambiental

Há inúmeras diferenças e afinidades possíveis de serem observadas entre os principais biomas dos Estados de Alagoas, Mata Atlântica e Caatinga, e o do Tocantins, Cerrado e Amazônia. Uma turma formada por 46 estudantes do ensino médio, acompanhados por uma professora, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), pôde conhecer um pouco disso, na manhã dessa quinta-feira (28).

Isso porque o grupo esteve na sede do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL), para uma visita de reconhecimento ao Herbário do órgão. O local é considerado um centro ativo de pesquisa e o fiel depositário das espécies coletadas. Ali, o grupo pôde de ter contato com plantas vivas, no Jardineto Botânico que orna uma das partes internas do órgão com amostras dos dois biomas.

Para depois conhecer todo o trabalho de coleta, secagem, identificação, catalogação e armazenamento de espécimes, que ocorre dentro do prédio do Herbário.  Os estudantes fazem parte dos cursos de Agroindústria e Meio Ambiente. Eles estão em Alagoas desde o dia 25 para conhecer o pólo industrial e espaços de preservação ambiental.

188 Total Views 3 Views Today