Estudantes utilizam Herbário do IMA para elaborar trabalhos de conclusão de curso

Clarissa Panerare obteve nota máxima em TCC por sua originalidade ao tratar de referenciais de cidades alagoanas que possuem nomes de plantas

Wanessa Santos

A estudante Clarissa Silva Panerare, do curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), entregou à biblioteca do Herbário MAC do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL), na manha dessa quarta-feira (14), cópia do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) que foi elaborado utilizando a estrutura do centro ativo de pesquisa.

A monografia obteve nota máxima por sua originalidade e tratou de referenciar cidades alagoanas que possuem nomes de plantas. Com o tema “Fitotopônimos municipais do Estado de Alagoas” a bióloga recém formada conta que um dos principais objetivos do seu trabalho é promover o interelacionamento da comunidade com o meio ambiente.

Ao todo foram identificados 20 municípios que possuem nomes de plantas. Dentre eles estão: Murici, Craíbas, Arapiraca, Junqueiro e Cajueio. As pesquisas que ajudaram na identificação das plantas foram realizadas à partir da estrutura do IMA, com acervo disponibilizado para os pesquisadores, e contou com a orientação da bióloga Rosângela Lemos, curadora do Herbário MAC.

Algas

Victor Andrey Rodrigues também utilizou o Herbário MAC do IMA para produzir seu TCC. O trabalho discorre sobre as algas do gênero Caulerpa que ocorrem em Alagoas. O, então estudante, utilizou algumas amostras de algas do Herbário e, ainda, realizou coleta de outras amostras que ficarão disponibilizadas no Instituto.

As principais intenções da monografia do novo biólogo são a forma de identificação dessas espécies, que podem ser utilizadas na produção de medicamentos, a ocorrência delas e, ainda, os aspectos ecológicos. A pesquisa de Victor Rodrigues expõe, também, o fato desse tipo de alga poder causar danos a outras formas de vida marinha, inibindo o crescimento de moluscos e crustáceos, por exemplo.

O Herbário MAC do IMA é aberto à estudantes e pesquisadores que precisem das amostras de plantas ou do acervo documental para a produção de pesquisas e trabalhos. É necessário que o estudante ou pesquisador realize o agendamento com antecedência no IMA.

178 Total Views 1 Views Today