Herbário MAC visita Associação Nordesta e firma parceria para novos estudos botânicos

Estudos vão contribuir diretamente nas ações de reflorestamento no entorno da Reserva Biológica de Pedra Talhada

Com o objetivo de fortalecer parcerias e intensificar trabalhos florísticos, a equipe do Herbário MAC, do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL) esteve no município de Quebrangulo para conhecer as novas instalações da Associação Nordesta. Durante a visita foi firmado um novo estudo para a identificação científica de espécies que irá contribuir diretamente nas ações de reflorestamento no entorno da Reserva Biológica de Pedra Talhada.

Visita a câmara de sementes. Foto: IMA

Na última quarta-feira (25), biólogas do Herbário MAC e representantes da Associação dos Orquidófilos e Bromeliófilos de Alagoas (Aobal) puderam conhecer o viveiro de mudas, a câmara de sementes e as demais acomodações da Associação Nordesta, que foi criada há mais de 35 anos com o intuito de preservar as florestas tropicais e garantir melhor qualidade de vida às comunidades rurais.

Por lá, além dos conhecimentos enriquecedores compartilhados, foi firmada uma parceria para a identificação científica das espécies que estão sendo usadas no reflorestamento feito pela a Associação Nordesta. Rosângela Lemos, curadora do Herbário MAC, expõe que a partir disso será criado um herbário voltado ao reflorestamento.

“Essa parceria é para a criação de um herbário para as amostras das plantas que estão sendo utilizadas para o reflorestamento. Porque apesar das sementes serem tiradas do entorno da região, elas não possuem catalogação científica”, explica a curadora.

A ideia é que um herbário seja criado para acompanhar as coletas das amostras botânicas, no período do recolhimento de sementes. Essa é uma forma de garantir que exista comprovação científica de que essas plantas possuem ocorrência no local.

288 Total Views 4 Views Today