IMA comemora Dia da Árvore com plantio e projeto de arborização

O órgão incentiva o plantio de árvores nativas como forma de contribuir com a preservação dos biomas e ecossistemas do estado

Clarice Maia

O mês de setembro marca o final do inverno e o início da primavera, quando os dias começam a ficar mais quentes. É também quando acontece o Dia da Árvore e o Instituto do Meio Ambiente (IMA) comemora esta segunda-feira (21) com o plantio de mais um Jequitibá e com o projeto Alagoas Mais Verde. Mais do que ações pontuais o órgão quer sensibilizar a população e os municípios para contribuir com a arborização o estado.

As comemorações foram iniciadas no sábado (19) com a realização da primeira oficina de cultivo de orquídeas, gratuita e aberta para a população; palestra sobre a importância e ecologia das bromélias e orquídeas; exposição de orquídeas; e plantio de uma muda de Jequitibá.

O evento aconteceu com apoio da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e da Associação de Orquidófilos e Bromeliófilos de Alagoas (Aobal).

“Escolhemos essa planta porque ela é uma árvore bastante expressiva, ela pode chegar a ter 50 metros de altura, e está ameaçada de extinção. É uma espécie emblemática da Mata Atlântica e essas mudas que estamos plantando agora poderão ser apreciadas até pelos nossos netos”, comentou Rosângela Lemos, curadora do Herbário.

O plantio das mudas de Jequitibá, do sábado (19) e da segunda (21), acontecem no Jardineto Botânico do IMA. Elas foram cultivadas pelo professor Ulysses Cortez, ele disse que cuidou das duas “desde o momento em que ainda eram sementes. Fiz as mudas e acompanhei até elas crescerem”.

Alagoas Mais Verde
Um dos projetos que a equipe do IMA pretende utilizar para ampliar o trabalho de arborização do estado é a realização de uma ação específica com a participação das prefeituras do estado. Chamado de Alagoas Mais Verde pretende contribuir com o plantio de, pelo menos, três mil mudas de árvores nativas, com apoio de parcerias firmadas.

“A arborização das cidades é importante por diversos motivos. Contribui para a diminuição da temperatura, há a beleza paisagística, é fundamental para a fauna urbana que utiliza os espécimes para se abrigar e para se alimentar, e ainda ajuda na infiltração da água da chuva no solo”, comentou Rosângela Lemos.

Entretanto, a curado do Herbário adverte que as pessoas que desejam plantar árvores nas suas ruas ou casas procurem pesquisar e conhecer a planta antes. “Dentro das cidades há algumas coisas que precisam ser observadas, como as raízes para não comprometer as tubulações, calçadas e encanamentos, não plantar árvores que ficam muito altas sob a rede elétrica, e procurar plantar espécies nativas”.

O projeto está em fase de desenvolvimento e deverá ser lançado nos próximos meses. Os primeiros passos já foram dados com o plantio de mil mudas de árvores nativas em Penedo e mais três mil em Arapiraca.

2254 Total Views 1 Views Today