IMA/Ibama devolvem à natureza pássaros vítimas do tráfico

Cerca de 450 passeriformes, além de outros mamíferos e répteis, foram soltos após cuidados do Cetass

Janderson Oliveira

Cerca de 450 pássaros, vítimas de tráfico, retornaram a natureza nessa quinta-feira (2). A soltura foi realizada pelo Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em área de Mata Atlântica.

“Estamos soltando hoje 450 pássaros dos cerca de 850 que chegaram ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), pela última apreensão da Polícia Rodoviária Federal (PRF)”, detalhou Ana Cecília, veterinária do IMA alocada no Cetas.

Deste número, estavam inclusas as espécies de canário da terra, caboclinho e papa capim.

“Além desses, a gente também soltou um bicho preguiça, um ouriço cacheiro e duas jiboias”, finalizou Ana.

Houveram óbitos durante o trajeto. Seis pássaros não resistiram a viagem até o local da soltura.

“Animais advindos desse tipo de apreensão tendem a chegar mais fragilizados no Cetas, dificultando sua soltura”, explica Cyrina França, analista ambiental do Ibama.

As técnicas reforçam a importância da população em não adquirir pássaros em feiras ou estabelecimentos irregulares, pois incentiva-se o tráfico de animais.

A população pode colaborar no retorno de animais ao seu habitat natural. É possível contatar o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) no caso de presenciar animais silvestres feridos, em situação de tráfico ou em locais inadequados. Os números para contato são 3315-4325 / 98833-5879.

É possível também levar o animal diretamente ao Cetas, na sede do Ibama, localizado na avenida Fernandes Lima, N° 4.023, no bairro do Farol, em Maceió.

178 Total Views 3 Views Today