IMA/AL libera licença prévia para 1ª Estação de Transbordo de Alagoas

Estação que vai ser operada pelo Conagreste,  será instalada em Palmeira dos Índios para atender mais cinco municípios da região

Wanessa Santos

A licença prévia para a implantação da primeira Estação de Transbordo de Alagoas foi entregue, na manhã dessa segunda-feira (22), durante reunião ocorrida na sede do Instituto do Meio Ambiente (IMA/AL). O equipamento será operada pelo Consórcio Regional de Resíduos Sólidos do Agreste Alagoano (Conagreste) e ficará no município de Palmeira dos Índios, que encerrará as atividades de seu lixão em breve.

No intuito de dar continuidade ao processo de encerramento dos lixões ainda em funcionamento no Estado, o IMA/AL segue apoiando e incentivando as prefeituras que desejam buscar alternativas legais para a destinação de seus resíduos.

Segundo o superintendente da Conagreste, Yves Leão, a Estação de Transbordo de Alagoas atenderá, inicialmente, aos municípios de Palmeira dos Índios, Estrela de Alagoas, Minador do Negrão, Belém, Tanque D arca e Quebrangulo.

Ainda segundo ele, todas as cidades atendidas irão implantar a coleta seletiva porta a porta, começando daí o novo modelo de coleta de lixo desses municípios. Nesse momento será realizada a triagem dos resíduos, que, posteriormente, serão encaminhados para a Central de Tratamento de Resíduos (CTR) do Agreste, localizada no município de Craíbas.

Para o diretor presidente do IMA/AL, Gustavo Lopes, é muito importante, tanto para o meio ambiente, quanto para a população desses municípios que serão atendidos, a criação dessa Estação de Transbordo. Além disso, ele diz ainda, que o IMA/AL está à disposição das prefeituras para buscar soluções para as questões referente à destinação adequada do lixo em Alagoas.

Atualmente, o Estado conta com 47 lixões já encerrados, sendo que 46 foram encerrados entre os anos de 2015 e 2017. Até abril desse ano o Estado deverá totalizar 80 vazadouros fechados, oficialmente.

455 Total Views 3 Views Today