Jardineto Afrânio Menezes é inaugurado na base descentralizada do IMA

Espaço botânico comporta espécies dos principais biomas do Estado e é dedicado às atividades de educação ambiental

Dálet Vieira

Mais um espaço dedicado à educação ambiental está em fase de instalação, trata-se do recém inaugurado Jardineto Botânico do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL), na base descentralizada do órgão, no município de Marechal Deodoro. O novo espaço conta com espécies de plantas nativas da Mata Atlântica e Caatinga.

O Jardineto leva o nome do servidor Afrânio Farias de Menezes, profissional dedicado às causas ambientais e que fez parte do quadro de funcionários do Instituto por mais de 20 anos. Ainda, foi vice-presidente da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (RBMA) e criou bosques da memória em alguns municípios alagoanos, contribuindo diretamente na manutenção do meio ambiente e nas homenagens às vítimas da Covid-19.

Profissionais do IMA/AL contribuem para o plantio de espécies nativas. Foto: Ascom IMA/AL

Além disso, o novo Jardineto foi inspirado no que já existia na antiga sede do Instituto no bairro do Mutange, que precisou ser realocada em razão da instabilidade do solo.

Durante a inauguração do local, profissionais do IMA/AL também colaboraram com o plantio de espécies nativas da Mata Atlântica em uma das áreas do Jardineto Botânico. Próximo ao espaço está a sementeira e o viveiro do Projeto Alagoas Mais Verde que também irá contribuir para a manutenção do Jardineto.

Segundo Rosângela Lemos, curadora do Herbário MAC, o principal objetivo é “tornar o Jardineto um espaço que represente as espécies ocorrentes nos biomas Caatinga e Mata Atlântica e as formas de adaptação para sobrevivência nos ambientes”.

 Além disso, o Jardineto vai contribuir diretamente para as ações de educação ambiental. Como por exemplo as visitas dos participantes durante os passeios promovidos pelo Projeto Navegando com o Meio Ambiente, conhecido popularmente como Barco Escola do IMA/AL

 

202 Total Views 3 Views Today