Nossa Praia auxilia no recolhimento de lixo na Barra de São Miguel

Caminhão compactador de lixo fará coleta no município durante todo verão

Klaus Roger

O projeto Nossa Praia, do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL), está em sua terceira edição e leva ações de sensibilização ambiental à diversas praias do Estado. No próximo sábado (13) a equipe de educação ambiental do órgão leva o projeto à Barra de São Miguel.

Além das atividades realizadas com os banhistas, o IMA/AL irá auxiliar o município na coleta de resíduos por meio um caminhão compactador de lixo, que ficará na Barra de São Miguel até o final do carnaval.

Esta é a segunda vez que o órgão ambiental faz parceria com a prefeitura do município para o auxílio na coleta de lixo. Em 2015, na primeira edição do projeto, a ação já havia sido realizada com receptividade positiva pelos moradores.

Segundo Pedro Normande, gerente de educação ambiental do IMA, assim como a coleta realizada pela prefeitura, o lixo reunido pelo caminhão do Nossa Praia será destinado à Central de Tratamento de Resíduos (CTR) do Pilar, local mais adequado para destinação.

“Sempre damos um grande apoio durante o verão à Barra de São Miguel, pois é um município que recebe muitos turistas nesse período, aumentando a quantidade de resíduos gerados. Paralelamente a isso fazemos ação rotineiras de sensibilização, mutirão de limpeza nas praias e mobilização dos ambulantes”, afirma Normande.

No sábado a equipe estará na praia da Barra de São Miguel realizando distribuição de sacolas biodegradáveis e dialogando com os banhistas para conscientizar acerca do descarte adequado do lixo.

No domingo (14) o projeto Nossa Praia estará também em Maceió e Penedo. Na capital alagoana o encontro ocorre na praia de Ponta Verde, e além das atividades de sensibilização, serão realizados passeios de Stand Up Paddle, pilates em solo e haverá massagem para que moradores e turistas tenham um momento de apreciação ao meio ambiente.

Lixeiras

A terceira edição do Nossa Praia deve atender cerca de 100 mil pessoas e entre as atividades que têm sido bem recebidas pela população está a distribuição de sacolas biodegradáveis pela equipe, e também por meio de placas móveis fixadas instaladas em diversas praias do Estado.

Os sacos distribuídos servem para o depósito do lixo produzido na praia para posterior destinação aos locais adequados, as lixeiras. Vendo a necessidade, o Instituto do Meio Ambiente está disponibilizando 60 lixeiras de ferro, que serão alocadas junto às placas sob cuidados dos ambulantes parceiros do projeto.

309 Total Views 1 Views Today