Nossa Praia tem retorno gradativo junto com ambulantes no litoral de Alagoas

A equipe do projeto irá repor placas e bobinas para garantir sacolas no recolhimento de lixo pelos banhistas

Janderson Oliveira

Com a volta dos ambulantes para a orla de Maceió, a equipe do projeto Nossa Praia inicia uma retomada gradativa das atividades. A Gerência de Educação Ambiental (Gedam) do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) irá fazer a vistoria das 200 placas de norte a sul do estado, trocar as danificadas e repor as bobinas de todas.

Pedro Normande, gerente do setor, chamar a atenção da população para continuar com as atitudes simples de recolher o lixo, contribuindo com a limpeza das praias.

“A importância do trabalho do Nossa Praia é manter as praias limpas em todo o estado, além de conscientizar banhistas, frequentadores e comerciantes que as praias limpas são mais bonitas, saudável e não prejudica a biodiversidade. A ideia é sempre estar fazendo esse trabalho de conscientização, então a gente vai continuar ajudando os comerciantes, seja com as placas ou na doação de 12 toneladas de alimentos, enquanto o Nossa Praia não pode realizar outras ações, por causa da pandemia”, expõe.

O órgão ambiental está acompanhando a evolução dos municípios no Plano de Distanciamento Social Controlado. O decreto Nº 8.918 da Prefeitura de Maceió determina a retomada de diversos setores econômicos não essenciais, assim como as atividades comerciais da orla: ambulantes, prestadores de serviço, permissionários, bares, restaurantes, barracas, quiosques, mixes, food trucks, feiras e mercados de artesanato.

179 Total Views 2 Views Today