Piscinas Naturais da Pajuçara têm sinalização restaurada

Novas cordas e boias servem de fundeio para as embarcações, evitando o uso e consequente destruição dos corais.

Klaus Roger e Wanessa Santos

Para proteger os corais das piscinas naturais da Pajuçara, uma equipe do Gerenciamento Costeiro (Gerco) do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) instalou, nesta quinta-feira (19), junto a pescadores da Colônia Z1, jangadeiros e Capitania dos Portos, nova sinalização para fundeiro das embarcações no local.

As equipes realizaram a substituição das cordas e boias antigas, por novos materiais, que devem gerar melhor visualização. Estes equipamentos estão fixados junto a poitas – objetos pesados, feitos de concreto, que são instalados em locais adequados (onde não há corais).

Essa sinalização auxilia na proteção dos corais. As embarcações que chegarem ao local devem ser presas junto as cordas, evitando a utilização das pedras.

Com a chegada do verão, os trabalhos de monitoramento e fiscalização realizados pelo Gerco do IMA na região são intensificados. Além da preocupação com a sinalização, a equipe nota a necessidade maior sensibilização de banhistas e jangadeiros.

“A medida que começa a diminuir o período de chuvas, aumenta a quantidade de pessoas que querem visitar a região das piscinas. Por isso, nossa ação é intensificada”, explica Ricardo César, coordenador do Gerenciamento Costeiro.

857 Total Views 5 Views Today