Reunião discute sobre novas medidas de preservação ao ambiente costeiro

IMA esteve representando Abema entre as 27 instituições que participaram

Dálet Vieira

Nesta última quarta-feira (13) o Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) esteve, através da equipe de Gerenciamento Costeiro, representando a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema) na reunião do Projeto Áreas Marinhas e Costeiras Protegidas – GEF Mar.

O projeto, criado pelo Governo Federal, existe para promover a conservação da biodiversidade da vida marinha e costeira. Durante a reunião foram apresentadas propostas de software para serem usadas no Programa Nacional de Rastreamento de Embarcações Pesqueiras por Satélite (PREPS).

Segundo Ricardo César, coordenador do Gerenciamento Costeiro (Gerco) do IMA, esse programa e o uso de software é importante para monitorar as embarcações licenciadas para pesca. Com isso, é possível saber a localização e ainda existe a possibilidade da instalação de câmeras de vídeo para monitorar os animais.

“O monitoramento dessas embarcações é essencial para observar os animais da fauna acompanhante, que são espécies que não servem comercialmente, mas que acabam vindo na pesca”, afirma.

Além disso, o coordenador da Gerco explica ainda que os registros em vídeo podem auxiliar os órgãos ambientais no acompanhamento do período de defeso das espécies e de atividades pesqueiras em Unidades de Conservação.

“Essas ferramentas são necessárias para monitorar o período de pesca, para saber o tipo, as áreas e se estão respeitando locais de defeso”, finaliza.

Todas as propostas e discussões foram encaminhadas ao Governo Federal para que possam ser analisadas. As medidas discutidas visam trazer avanços nas ações de proteção ao ambiente costeiro, tomando por base vários países que já desenvolvem esse tipo de trabalho nas embarcações.

 

259 Total Views 1 Views Today