Operação Curupira 13 apreende 290 aves na APA de Murici

Fiscalização ocorreu entre os dias 23 e 29 de abril 

Janderson Oliveira 

A Área de Proteção Ambiental (APA) de Murici é a unidade de conservação mais extensa de Alagoas, com 116.100 hectares de cobertura. O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) colaborou na 13ª edição da Operação Curupira promovida na região, com balanço de apreensão de 290 aves, 7 armas de fogo e aplicação de R$ 141 mil em multas. 

A fiscalização ocorreu entre os dias 23 de 29 de abril, nos municípios de Murici, Flexeiras, Colônia Leopoldina, Ibateguara, São José da Lage, União dos Palmares e Branquinha, sob coordenação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e apoio do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPA). 

Os fiscais ainda prenderam em flagrante duas pessoas por porte ilegal de arma de fogo, além de 360 gaiolas e alçapões, seis armadilhas do tipo tatuzeira e sete carcaças (pacas, jacaré, quati e cuandu mirim). As gaiolas e tatuzeiras foram destruídas.  

Em meio a Mata Atlântica, bioma predominante na APA de Murici, 32 animais da caatinga foram resgatados na fiscalização e encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas). Eles retornarão ao habtitat natural após período necessário de reabilitação. 

A população pode colaborar no planejamento das operações de participação do IMA ao relatar infrações. Os registros das ocorrências podem ser enviados com fotos no aplicativo IMA Denuncie para Android e iOS. É essencial o envio de geolocalização e fotos para guiar os fiscais em campo. 

544 Total Views 2 Views Today